Blog

Treinamento para alcançar o estado de Flow

No artigo anterior falei sobre o estado de Flow e as condições básicas que precisamos para  entrar nesse estado. Proporcionar este estado não é fácil e muitos relatam que parece ser espontâneo e não conseguem atingi-lo quando querem (se não leu o artigo anterior leia-o Aqui antes de seguir). Porém é possível sim com um pequeno treinamento proporciona as condições que permitam entrar em Flow

 

  • Ressignifique a tarefa.

Você precisa ressignificar, dar um novo significado à tarefa que está a fazer. Muitas vezes a tarefa que estamos a fazer não nos traz sentido algum, fazemo-la porque tem de ser feita, achar um sentido maior para o que estamos a fazer é essencial para trabalharmos em fluxo.

 

 

  • Proporcione um  ambiente de trabalho favorável.

 

Verifique se o seu ambiente de trabalho  favorece a sua concentração ou se é um ambiente que dificulta você mergulhar na sua atividade. Se você trabalha com computador evite as diversas janelas o navegador, desligue os Pushes. Se está a trabalhar sobre uma mesa evite televisões perto, computadores ligados, celulares com notificações de redes-sociais (ative o modo avião)   Faça os ajustes necessários no local de trabalho.

 

 

  • Avalie a sua clareza.

 

Você tem uma lista do que precisa ser feito e sua ordem?Você sabe exatamente qual é a próxima tarefa da sua lista? Sabe qual é o nível de qualidade que você precisa alcançar? Sabe organizar as tarefas por  nível de urgência (Leia este artigo com o modelo que uso para  organizar minhas tarefas – ARTIGO 3)

 

  • Trabalhe a serenidade.

Extremamente importante silenciar a nossa mente para evitar os pensamentos perturbadores, fuja das preocupações que não pode resolver agora. Se for preciso pare, estabeleça um plano para o que está a perturbar, defina uma hora que vai agir, então volte ao trabalho com a consciência mais tranquila.

 

Reflita sobre o processo toda a vez que conseguir  trabalhar no estado de Flow , é muito importante este autodescobrimento:     

 

  • Anote as seguintes questões. 
  • O que você estava fazendo?
  • O que não estava fazendo?
  • Onde você estava?
  • O que motivava sua concentração?

Sempre que conseguir trabalhar em estado de flow tome estas anotações para tentar descobrir o seu padrão de funcionamento.

 

  • Tenha os desafios e suas habilidades em alto padrão

 

 Segundo Mihaly o estado de flow depende da relação entre o desafio proposto e as habilidades da pessoa  para lidar com este desafio. Se o desafio for alto e não tiver  habilidades para executá-lo, a pessoa experimenta ansiedade ou preocupação. Se o desafio for baixo e as habilidades em um nível alto, a pessoa sentirá tédio ou relaxamento.

Quando há equilíbrio entre o desafio e a habilidade em um nível alto, a pessoa experimenta o estado de flow.  

Ou seja, se a atividade for impossível para você, o flow não vai acontecer. E se a atividade for muito fácil, o flow também não vai aparecer.

Se você sentir  ansiedade ou preocupação, você precisa investir mais em fortalecer suas habilidades e diminuir o nível de desafio. Se você sentir apatia e tédio, significa que você pode e deve buscar desafios maiores.  Continue sempre ajustando seu nível de habilidades e desafios para encontrar o ponto ideal que traz você ao estado de flow.

Você só precisa continuar melhorando suas habilidades para busca sempre maiores desafios  e ter vida mais feliz. .

Agora, imagine o que você poderá realizar com mais foco, com mais concentração nas atividades que tem que fazer? Vamos pôr em Prática?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *